5 formas de parar com as discussões por causa de dinheiro (entre casais)

Neste artigo irá aprender algumas dicas sobre como lidar com o dinheiro e fazer melhores escolhas de forma a que os conflitos financeiros não arruínem o seu relacionamento.

O fato de você se comprometer a ser parceiro/a de vida de alguém não significa que ambos compartilhem a mesma abordagem relativamente ao dinheiro. Longe disso: as pesquisas revelam que em 73% dos casais um dos membros é poupador e outro é gastador. Esta situação pode originar conflitos financeiros com frequência. Um estudo da Harris Interactive revelou que cerca de 1/3 dos casais entrevistados admitiram manter segredos sobre os seus hábitos de gastos. Mas, para ficarem juntos (e felizes), é fundamental que ambos remem para o mesmo lado.

dicas para evitar discussões por causa de dinheiro

5 formas de parar com as discussões por causa de dinheiro (entre casais)

 

1. Aprenda a personalidade financeira do seu parceiro/a

O seu parceiro é do tipo que é capaz de comprar uma bicicleta cara para depois usá-la uma vez por ano (na melhor as hipóteses)? Ou, pelo contrário, ele (ou ela) insiste em colocar dinheiro de lado para a reforma, mesmo que isso signifique não comprar um baloiço para os seus filhos? Compreender os valores do seu cônjuge relativamente ao dinheiro é um primeiro passo essencial para alcançar um compromisso.

2. Estabeleça uma data específica para falarem dos assuntos relacionados com as finanças pessoais

Menos de metade dos casais discutem as questões financeiras regularmente, apesar dessa questão ser essencial para um bom relacionamento e contribuir para evitar brigas orçamentais. Sente-se com a sua cara metade uma vez por mês para atualizarem os vossos objetivos financeiros de forma a que possam trabalhar em conjunto para alcançar as metas definidas.

3. Compartilhe o controlo de gastos

Independentemente do seu status de trabalho, tanto você como o seu cônjuge precisam de alguma autonomia financeira. Alguns casais estabelecem uma mesada para cada um. Outros deixam de lado uma percentagem dos seus ganhos individuais para gastarem no que quiserem, seja para ir ao ginásio, comprar bilhetes para concertos, cinema ou quaisquer outras atividades recreativas. Chegue a um acordo com o qual ambos possam viver, e revisite-o de tempos a tempos.

4. Defina um limite de aprovação

Concorde em discutir as compras que excedam um valor fixado à priori (seja 100€, 500€, 1000€ ou mais). Esta medida visa garantir que as grandes compras sejam decisões conjuntas de modo a evitar surpresas desagradáveis quando chega a hora de pagar as contas.

5. Chegue a um meio-termo

Se você é poupador e o seu parceiro/a gastador (ou vice-versa), ambos podem fazer alguns ajustes nas respetivas estratégias de gestão do dinheiro de forma a chegarem a um meio-termo que satisfaça ambas as partes.

 

E você, acrescentaria mais alguma dica para evitar as discussões por causa de dinheiro entre casais?

Receba as nossas dicas / notícias diretamente no seu email:

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *