Crédito Consolidado: 6 Erros que Você deve Evitar

Quando você está a sufocar com as datas de vencimento dos seus créditos, a consolidação dos créditos pode parecer uma dádiva de Deus.

Os seus cartões de crédito, linhas de crédito e outros empréstimos podem ser consolidados em um montante fixo com uma taxa de juro mais baixa e com um pagamento mínimo que é suportável.

Mas se você não tem experiência na área do crédito consolidado e contatar um mau profissional a sua situação pode ficar ainda pior.

Por isso, neste artigo eu irei alertar para alguns erros que você deve evitar se decidir optar pelo crédito consolidado, e lá mais para o final irei listar as Principais Empresas de Crédito Consolidado em Portugal.

Mas antes, convém explicar o que é consolidação de créditos?

Consolidar créditos consiste em agregar num produto financeiro único todos os créditos contraídos (créditos pessoais, crédito automóvel, crédito à habitação, entre outros),  passando a pessoa a pagar uma prestação única à instituição / banco na qual consolidou os empréstimos.

A vantagem de optar pela consolidação de créditos – para além de deixar de fazer vários pagamentos em diferentes prazos e a várias instituições de crédito – é que a prestação resultante normalmente é inferior à soma das prestações dos vários empréstimos contraídos, o que irá contribuir para desafogar a sua vida e aliviar o seu orçamento mensal.

Como em tudo na vida há sempre um lado bom e um lado mau…

O lado mau no que diz respeito ao crédito consolidado, é que como a diminuição do valor a pagar todos os meses resulta da aplicação de uma taxa de juro única e de um alargamento do prazo de pagamento, isso vai fazer com que no longo prazo os créditos acabem por sair mais caros.

Apesar disso, e para quem precisa de aliviar o seu orçamento familiar no curto prazo, a consolidação de créditos é sem dúvida uma opção a ter em conta.

De seguida, eu vou dar-lhe a conhecer seis erros que os consumidores comuns cometem na consolidação dos créditos e como evitá-los.credito consolidado - erros a evitar

Crédito Consolidado: 6 Erros que Você deve Evitar

Erro nº 1 – Você não reconhece a raiz do problema

As pessoas muitas vezes recorrem ao crédito consolidado, porque os seus gastos ficam fora de controlo e elas não conseguem gerir as consequências. É a típica reação instintiva – o devedor agarra-se ao que pode para não se afundar mas não reconhece que o seu estilo de vida está a afundá-lo em dívidas.

Em primeiro lugar a pessoa deve compreender a raiz do problema e entender o que a levou a ficar nessa situação complicada.

As pessoas que necessitam de recorrer às soluções de crédito consolidado normalmente têm dívidas algo elevadas e essas dívidas não aconteceram de um dia para o outro.

“Se a pessoa não modificar quaisquer hábitos, eu garanto que ela estará de volta ao fundo do poço em questão de meses” – afirma um reconhecido consultor financeiro. “As pessoas têm que mudar os seus comportamentos e fazer sacrifícios.”

Solução: Não tente encobrir ou ignorar as suas decisões anteriores. Enfrente-as de cabeça e procure ajuda profissional para traçar os novos passos a dar.

Um conselheiro de crédito ou consultor financeiro pode analisar os seus gastos e ajudar a identificar tendências. Talvez você esteja gastando muito do seu rendimento em despesas básicas, como habitação, prestação do carro e custos do dia a dia, e você precise avaliar formas de reduzir esses gastos. Em outros casos, o problema pode ser tão simples como reduzir gastos excessivos com entretenimento.

Substitua os seus velhos hábitos por novos. Controle os seus gastos de forma regular e avalie as diferenças entre necessidades e desejos.

Erro nº 2 – Você não analisa as várias opções disponíveis antes consolidar os créditos

Existem várias maneiras de consolidar a sua dívida que você provavelmente desconhece. Em certos casos é possível reduzir as taxas de juros para metade e baixar a prestação mensal em 20%.

Seja pró-ativo na busca do melhor plano de consolidação. Procure aconselhamento junto das empresas de consolidação de crédito ou outras entidades de forma a estudar qual é a melhor solução para o seu caso.

Erro nº 3 – Você consolida as dívidas erradas

Em alguns casos, os consumidores consolidam todos os créditos, mesmo os que têm taxas de juros mais baixas, como é o caso dos empréstimos estudantis. Se você não tiver cuidado, você vai até incluir a dívida de cartões de crédito que têm juros mais baixos acabando por pagar juros mais elevados no final ao optar pela conveniência de um pagamento único consolidado.

“Há um efeito psicológico em combinar toda a dívida porque assim parece mais manejável, mas se você não prestar atenção às taxas de juro, pode não fazer sentido.” – afirma um especialista da área.

Solução: Consolide os créditos que cobram taxas de juro elevadas e deixe de fora os que têm juros baixos (pagando estes últimos separadamente).

Erro nº 4 – Você escolhe o consultor financeiro errado

Por vezes as empresas que atuam na área da consolidação de crédito usam táticas agressivas e práticas obscuras. Existem até empresas fraudulentas que cobram taxas aos clientes antes de obter resultados.

Por isso tenha cuidado e informe-se acerca da credibilidade da empresa com que você pretende negociar. Se a empresa começar a enviar muitos emails ou cartas com táticas agressivas de vendas, evite-a.

Erro nº 5 – Você utiliza o seu cartão de crédito demasiado cedo

A consolidação de crédito pode fazer com que sinta um alívio incrível. Mas há o perigo de se sentir “invencível”.

“O erro é pensar que está tudo OK novamente e que todos os seus cartões de crédito estão zerados de dívida.”, afirma um especialista.

Um erro comum é usar o crédito recém-libertado nos cartões de crédito e começar a esbanjar dinheiro novamente. Muitas pessoas prometem que só vão usar o cartão uma vez, mas antes de darem conta estão de volta aos mesmos erros e hábitos de consumo que tinham antes.

Solução: Lembre-se que você não tem a ficha limpa – você ainda tem um montante considerável de dívida.

Cancele a maioria dos seus cartões de crédito. Fique apenas com um ou dois cartões com limites de crédito baixos, e use-os apenas para emergências.

Erro nº 6 – Você não tem um plano para seguir em frente

Você procurou a ajuda de um profissional, escolheu o melhor plano de consolidação para as suas dívidas, mas você ainda não está “livre de perigo”.

Você precisa de um plano sólido para pagar a sua dívida consolidada, e de segui-lo à risca, porque só dessa forma irá evitar voltar a cometer os mesmos erros.

Solução: Reúna com a sua família, e se precisar chame um conselheiro de crédito também, e crie um orçamento que equilibre o seu rendimento com os seus gastos e metas de poupança.

“Um orçamento é um conceito muito simples e básico, mas é extremamente poderoso. É a maneira de você aprender a viver dentro das suas possibilidades.” – diz um especialista.

Após fazer o seu orçamento mensal, você pode por exemplo colocar o dinheiro em diferentes envelopes, cada um destinado a um determinado fim (comida, transportes, luz, água, telecomunicações, entretenimento, etc).

Seu orçamento deve incluir também colocar dinheiro em um fundo de emergência para fazer face a situações imprevisíveis com a perda de emprego, um problema de saúde, um buraco no telhado, e outros custos inesperados. Você também deve pensar em poupar para as despesas sazonais como presentes de Natal, casamentos e festas, entre outros.

Siga os conselhos indicados e certamente você terá sucesso com a consolidação dos seus créditos.

E, se tiver mais algum erro a acrescentar a esta lista ou desejar simplesmente dar a sua opinião, por favor use o espaço de comentários disponível no final deste artigo.

Lista das Principais Empresas de Crédito Consolidado em Portugal

– CrediSolutions

Junte todos os seus créditos e tenha mais dinheiro.

Simule Já AQUI

– Partners Finances

A Partners Finances tem escritórios em Lisboa, na Rua Castilho e dispõe de soluções de crédito consolidado adaptadas às necessidades de cada pessoa.

Para fazer a sua Simulação Online Gratuita CLIQUE AQUI

– Younited Credit

Clique Aqui e selecione a opção “Projeto” » “Consolidação de créditos”.

– Melhores Créditos

Aqui pode comparar as melhores ofertas e reduzir as prestações do seu crédito até 60%!

Clique Aqui para Simular AGORA

– Cofidis

A Cofidis oferece soluções de consolidação de créditos para montantes entre os 5.000 e os 50.000€.

Localização dos escritórios: Edifício Berna | Av. de Berna, nº 52 – 6º | 1069-046 Lisboa

– Crédito OK

A Crédito OK é mais uma das empresas que lhe permite juntar todos os créditos num só e reduzir a sua prestação mensal.

Localização: Avenida da República, nº 2208 – 7º DT – Centro Frente | 4430 – 000 V.N. Gaia, Porto

– CrediFinance

A CrediFinance também permite que você junte todos os seus créditos e reduza a prestação mensal a pagar.

Localização: Avenida da República 3000 – ESTORIL OFFICE | Escrit. 4.04 / 4.05 – Alcoitão | 2649 – 517 Alcabideche

– LisoGest

A LisoGest é outra empresa de consolidação de crédito, e fica localizada na Avenida 1º de Maio, 19E | 2845-389 Seixal Paivas.

Receba as nossas dicas / notícias diretamente no seu email:

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *