Dicas de especialistas para você poupar dinheiro durante a época de Natal

O Natal é uma época alegre e festiva, mas para a maioria das pessoas é também uma época em que não se olham a gastos. São os presentes para amigos, família, eventos, compra de roupas novas e ainda o custo dos alimentos e bebidas para a celebração do grande dia.

Cerca de uma em cada três pessoas contrai dívidas durante a época natalícia, sendo que metade dessas pessoas passará o ano seguinte a pagá-las. Embora seja inegavelmente uma altura financeiramente complicada, existem maneiras de lidar com isso e reduzir os custos.

As melhores dicas para poupar dinheiro no Natal

Dicas de especialistas para você poupar dinheiro durante a época de Natal

 

1. Organize-se

O conselho que a maioria dos especialistas dão é a necessidade de se organizar. Se deixar todas as compras para a última semana, irá sair-lhe muito mais caro.

Shane Clifford (CEO da Wonderbill – uma aplicação de gestão de orçamentos) diz:

“É muito fácil deixar-se levar e exceder-se financeiramente parece ser a norma no Natal, mas você precisa ignorar as pressões do consumismo. Defina o seu orçamento e cumpra-o.”

“Lembre-se também que janeiro é a altura do ano em que os preços sobem, por isso prepare-se.”

Jon Ostler (CEO do site de comparação de preços – finder.com) dá conselhos na mesma linha:

“Antes de comprar quaisquer presentes ou alimentos, faça o seu orçamento para os 2-3 meses seguintes e veja quanto pode realmente gastar”.

 

2. Mantenha os custos baixos

Pode parecer óbvio, mas a verdade é que existem muitas maneiras de poupar um pouco de dinheiro aqui e ali, e toda a poupança é bem-vinda.

O sr. Ostler sugere comprar uma árvore de Natal em vaso caso você tenha um jardim:

“Quando a época de Natal chegar ao fim, você pode simplesmente transplantar a árvore para o jardim e já terá árvore para o ano seguinte, sendo que dessa forma não terá que comprar uma nova árvore todos os anos. Para além disso, é uma iniciativa amiga do ambiente.”

Hannah Maundrell (editora chefe da money.co.uk) diz que há sempre formas de poupar dinheiro nas compras de Natal:

“Procure sempre códigos de desconto e vouchers. Registe-se nas newsletters das suas lojas favoritas para obter ofertas exclusivas”, diz ela. “Estar em cima do acontecimento pode ser tudo nesta época do ano.”

Jasmine Birtles (especialista financeira e fundadora da Money Magpie) explica que pode ser realmente útil desconcentrar os gastos com as compras de Natal, adquirindo uma coisa de cada vez que se vai ao supermercado, nas semanas anteriores ao dia de consoada.

 

3. Estabeleça um limite para as compras de presentes

Às vezes, você só precisa ser sincero com os seus entes queridos para chegarem a acordo e não comprarem presentes este ano – eles podem estar tão preocupados com os gastos quanto você.

Birtles refere que:

“Se o dinheiro não abunda – e vamos ser realistas, para a maioria das pessoas não abunda mesmo – deixe o orgulho de lado, seja sincero com os seus amigos e familiares e sugira por exemplo uma troca de presentes. Assim cada pessoa terá que comprar apenas um presente e depois receberá também apenas um presente à sorte.”

Será uma experiência diferente e permite-lhe poupar imenso dinheiro em prendas.

“Em alternativa, pode criar você mesma os presentes para os familiares e amigos mais próximos.”

Isto pode parecer mesquinho, mas, na realidade, muitas vezes compramos mais presentes do que realmente precisamos, e sobretudo quando fazemos as compras à última da hora à pressa, nem sempre compramos algo que o destinatário gosta.

Stuart McFadden (chefe da divisão que lida com os problemas financeiros dos clientes do banco Monzo) disse que todos os anos, ele e os seus irmãos fazem um pacto para não oferecer presentes:

“O Natal é sempre uma altura movimentada com muitos afazeres, e a compra de presentes geralmente vai para o fundo da nossa lista de tarefas.”

“Ou acabávamos a correr para comprar alguma bagatela no último minuto, ou esquecíamos isso”.

Ao concordar em parar de oferecer presentes, algumas das pressões financeiras são aliviadas, e você pode sempre concordar em apenas adiar os presentes até janeiro ou fevereiro – o que faz o Natal durar mais tempo e que haja algo por que aguardar no ano novo também. Além disso, você pode comprar depois os presentes na altura dos saldos que acontecem sempre a seguir à época natalícia, e poupar ainda mais dinheiro. 🙂

Receba as nossas dicas / notícias diretamente no seu email:

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *